sábado, 29 de agosto de 2009

APAE e Hospital São Camilo recebem auxílio financeiro


O Prefeito José Roberto Martins realizou no dia 27 de agosto, assinatura de convênios para cinco entidades e desaproprição de um terreno e um imóvel para instalação de um Centro de Educação Infantil.
A solenidade ocorrida na sala de reuniões da Prefeitura iniciou com a assinatura de convënios, entre eles um com o Hospital Sâo Camilo e a sanção de uma Lei  autoriizando um editamento ao convenio firmado com a APAE..
O Hospital São Camilo representado na ocasião pela Irmã Narcisa Maria Pasetto, recebeu o repasse feito mensalmente pela Prefeitura no valor de R$ 52 mil referente já ao mês de setembro. Na oportunidade o Prefeito fez um apelo à sociedade organizada para que também preste assistência ao hospital através da conta de luz, doando a quantia que puder para que o mesmo possa manter-se em funcionamento. E ainda, destacou algumas ações que já estão sendo discutidas pelo Governo Municipal, Câmara de Vereadores e comunidade portuária para conceder auxílio ao hospital.
Para finalizar a solenidade o Prefeito Beto Martins sancionou a LEI 3542/2009, esta que recebeu atenção especial da Câmara de Vereadores que aprovou com agilidade, o segundo termo aditivo que repassará a APAE o valor total de R$ 63 mil que será dividido em 5 parcelas.
As ações sociais implantadas pelo Poder Executivo, através da assinatura deste convênios e repasse sâo resultados do empenho do Vereador Dorlin Nunes Júnior, Diretora Geral da 19º SDR Valmira Branco e da Diretora Geral da Sec da Saúde de Imbituba, Madalena Nunes, que não têm medido esforços para a busca de soluções para os problemas financeiros enfrentados pelo Hospital Sâo Camilo bem como pela APAE, junto ao Secretário da Saúde Dado Cherem, que sempre teve um olhar especial pela cidade de Imbituba.

Indicação de atendimento odontológico para a comunidade de Alto Arroio.



INDICAÇÃO_________2008
DORLIN NUNES JUNIOR, Vereador Municipal do PSDB - no exercício de suas prerrogativas regimentais, apresentar ao Soberano Plenário INDICAÇÃO, oficiando-se ao Sr. Prefeito Municipal José Roberto Martins e a Secretaria Municipal de Saúde, que viabilize o atendimento odontológico a comunidade de Alto Arroio.
JUSTIFICATIVA
A comunidade de Alto Arroio possui muitas crianças, bem como elevado numero de adultos que necessitam de atendimento odontológico naquela região, vez que é dificultoso para os mesmos terem que se deslocar até o centro da cidade, para receberem atendimento no PAM – CEO local.
Assim, requer-se os estudos das possibilidades para que seja a comunidade atendida pela Administração Municipal no atendimento de tal serviço.
Sala das Sessões, setembro de  2008.
Dorlin Nunes Júnior
Vereador

Indicação para disponibilização da Cartilha da Dengue nos sites da Câmara e da Prefeitura

INDICAÇÃO N.º / 2009
DORLIN NUNES JÚNIOR, vereador do PSDB, com assento nesta Casa Legislativa, vem na forma regimental à presença de Vossa Excelência, após ouvir o soberano plenário, INDICAR ao Prefeito Municipal de Imbituba, Senhor José Roberto Martins, Senhor José Roberto Martins e ao Presidente da Câmara Municipal de Imbituba, Christiano Lopes de Oliveira, que disponibilizem junto aos sites da Prefeitura e da Câmara, a Cartilha DENGUE que segue em anexo, a qual estará a disposição em meio digital.
JUSTIFICATIVA
A Cartilha da Dengue, organizada pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Campinas - SP, é um bom material didático e de orientação para a população seja ela adulta, estudantes ou mesmo profissionais ligados à área de saúde na prevenção e combate à proliferação da Dengue.
Sala das sessões, 13 de abril de 2009.
Dorlin Nunes Júnior
VEREADOR

Indicação Auxílio Financeiro à AIPPODEF


INDICAÇÃO Nº  ________ /2009
INDICAR ao Senhor José Roberto Martins, Prefeito Municipal de Imbituba: para que conceda auxílio financeiro na ordem de um salário mínimo mensal, à Associação Imbitubense de Pessoas Portadoras de Deficiência Física – AIPPODEF.
JUSTIFICATIVA
A Associação Imbitubense de Pessoas Portadoras de Deficiência Física – AIPPODEF é entidade fundada desde 2005, e vem desenvolvendo um importante trabalho à sociedade imbitubense, com o atendimento de ações destinadas aos portadores de necessidades especiais.
Como entidade beneficente e sem fins lucrativos, tem dificuldades para angariar recursos para as mínimas despesas para sua manutenção e acreditando na já demonstrada sensibilidade social da Administração Municipal, às causas sociais como a da AIPPODEF, que se requer seja enviado Projeto de Lei a essa Casa Legislativa a fim de poder ajudar tal instituição.
                     Sala das sessões, 17 de março de 2009.
Dorlin Nunes Junior
VEREADOR DO PSDB

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Manoel de Oliveira Martins recebeu Moção de Congratulações através de projeto do vereador Dorlin Nunes Junior

O radialista e escritor Manoel de Oliveira Martins vai receber da Câmara de Vereadores uma homenagem pelos 50 anos de radiojornalismo desenvolvidos em Imbituba e completados no dia 1º de outubro de 2008. Os vereadores aprovaram na sessão (1º) a Moção 11/07 em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à municipalidade ao longo das cinco décadas que Manoel Martins trabalha na Difusora de Imbituba, atualmente Rádio Bandeirantes AM. A moção assinada pelos nove vereadores imbitubenses é de autoria do ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Dorlin Nunes Júnior (PSDB).

Autoridades visitando obras de expansão no Porto

Caminhões no acesso ao Porto de Imbituba

Embarque de carvão no Porto de Imbituba

Silo Álvaro Catão

Armazéns do Porto de Imbituba

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Gean Fermino, Controlador Geral da Prefeitura Municipal é convidado pelo Vereador Dorlin Nunes Junior a apresentar as ações do Controle Interno.

REQUERIMENTO EM REGIME DE
URGÊNCIA ESPECIAL N°


DORLIN NUNES JÚNIOR, vereador do PSDB, com assento nesta Casa Legislativa, vem na forma regimental à presença de Vossa Excelência, requerer EM REGIME DE URGÊNCIA, sejam o Senhor Gean Fermino, Controlador Geral da Prefeitura Municipal de Imbituba, convidado para que venha ao Plenário Municipal, apresentar as atividades desenvolvidas no ano de 2009.


JUSTIFICATIVA

O Sistema de Controle Interno é inerente a todos os atos e processos administrativos de um órgão/entidade, de forma que não pode e nem deve ser concebido separadamente. Sua integração é fator decisivo para o perfeito desempenho das atividades a serem implementadas nas diversas unidades administrativas. Desta forma a sua aceitação pela organização é fundamental, porque se trata de um relacionamento permanente, uma observação contínua.
As ações implementadas pelo Controlador Gean Fermino, ao que se sabe, tem dado fundamento ao plano de governo municipal e buscam, se acatadas, diminuir o risco de falhas e erros, além de estimular a máxima eficiência na realização de tarefas.
A grande importância do Controle Interno é exatamente estar muito próximo da realidade de cada Secretaria buscando estabelecer correções, se for o caso.
Ademais, um adequado Sistema de Controle Interno viabiliza a demonstração do desempenho das entidades públicas, além de garantir uma efetiva transparência fundamentando-se sua atuação no anseio social por bons serviços públicos, com um padrão mínimo de qualidade.
Desta feita, é de suma importância que possamos conhecer todas as ações e atividades ate então realizadas pelo Controle Interno, que tem a sua frente o Sr. Gean Fermino.

Sala das sessões, 21 de agosto de 2009.



Dorlin Nunes Júnior
Vereador do PSDB

Indicação para melhorias na Rua Tomé Daniel, em Vila Santo Antônio.

INDICAÇÃO N°
DORLIN NUNES JÚNIOR, vereador do PSDB, com assento nesta Casa Legislativa, vem na forma regimental à presença de Vossa Excelência, INDICAR ao senhor José Roberto Martins, Prefeito Municipal, através da Secretaria de Infra-estrutura que viabilize a drenagem e ensaibramento da Rua Tomé Daniel, em Vila Santo Antônio.
JUSTIFICATIVA
Ë de conhecimento deste vereador que os moradores já se organizaram a fim de realizar a pavimentação da via pública, mas as recentes chuvas causaram grandes buracos e retenção de água, ficando essa sem condição de trafegar.

Sala das sessões, 21 de agosto de 2009.



Dorlin Nunes Júnior
Vereador do PSDB

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Dorlin Nunes Júnior, indica ao Poder Executivo a criação do CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE


Na última sessão da Câmara Municipal, realizada no dia 17/08, o vereador Dorlin Nunes Júnior indicou ao Poder Executivo a criação do Conselho Municipal da Juventude. O conselho é um instrumento legítimo e legal para ouvir o jovem e junto com ele desenhar uma nova história para o município, baseada na inclusão, na participação e na oportunidade ao jovem, que passa a ser o protagonista de sua história.
Nesse processo, ele tem o papel de auxiliar os gestores públicos no desenvolvimento de projetos voltados para as juventudes do município.
É certo que atuará como elo direto entre a Juventude e seus anseios e os poderes constituídos do município de Imbituba.
O Conselho Municipal da Juventude será a forma direta do jovem participar da elaboração das Políticas Públicas de Juventude cabendo ainda discutir, elaborar, participar e sugerir programas voltados ao jovem do município, trabalhando em parceria com entidades relacionadas com o tema.
Diante do acima exposto, espero pela aprovação deste, no nosso julgamento, interessante Projeto de Lei.
Imbituba, 07 de julho de 2009.
Dorlin Nunes Júnior
Vereador do PSDB


Veja na íntegra, a indicação do Projeto de Lei remetido ao Prefeito.


Projeto de Lei nº ______ de _____ de julho de 2009.

CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE- COMJUV E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS


Art. 1º. Fica criado no Município de Imbituba o Conselho Municipal da Juventude-COMJUV, com as seguintes atribuições:
I - encaminhar ao Poder Executivo e/ou Legislativo Municipal propostas de políticas públicas, projetos de leis ou outras iniciativas que visem assegurar e ampliar os direitos da juventude.
II - auxiliar o Poder Público e/ou outros órgãos na promoção e/ou execução de projetos e programas destinados à juventude;
III - desenvolver estudos, debates e pesquisas relativas à questão da juventude;
IV - fiscalizar e tomar providências para o cumprimento da legislação favorável aos direitos da juventude;
V - receber sugestões oriundas da sociedade e opinar sobre denúncias que lhe sejam encaminhadas, no âmbito de suas atribuições, dando ciência das mesmas aos órgãos competentes do Poder Público;
VI - apoiar, acompanhar e assessorar projetos de interesse da juventude;
VII - promover a cooperação e o intercâmbio com os organismos similares em nível municipal, estadual, nacional e internacional;
VIII - promover atividades formativas e conferências para debater os assuntos de sua competência.

Art. 2º. Para efeitos desta Lei, considera-se jovem a pessoa com a idade entre 18 a 39 anos completos.

Art. 3º. O Conselho Municipal da Juventude será composto das seguintes representações:
Um representante da Secretaria Municipal de Educação;
Um representante do Departamento de Esportes;
Um representante do Departamento de Cultura;
Um representante da Policia Militar;
Um representante da Policia Civil;
Um representante do Poder Judiciário;
Um representante da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Regional) de Laguna;
Um representante da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB;
Dois representantes de movimentos religiosos organizados no município;
Dois representantes da Associação dos Estudantes Universitários - AEUNI;
Um representante da Unisul, Unibave, Uniaselvi e Fucap;
Dois representantes das Escolas de Ensino Médio;
Um representante do CEJA – Núcleo de Imbituba;
Um representante da Associação de Músicos.

§ 1º. Os conselheiros, das respectivas vagas, conforme art 3º, que trata dos representantes que farão parte do COMJUV (Conselho Municipal da Juventude), serão eleitos em Assembléia Geral, convocada para esse fim.
§ 2º. O Prefeito Municipal nomeará os conselheiros e seus respectivos suplentes, indicados pelas entidades governamentais e não governamentais.
§ 3º. O mandato dos conselheiros e seus respectivos suplentes será de 02 (dois anos), sendo permitida a reeleição em Assembléia Geral e assim sucessivamente.

Art. 4º. O Poder Executivo Municipal providenciará a publicação de edital, fartamente divulgado, a fim de noticiar, a tantos quantos venham interessar, a abertura de vagas para o Conselho da Juventude e, o respectivo cronograma de preenchimento das vagas, sendo que terão prioridade nas vagas as entidades não governamentais que possuam registros (CNPJ entre outros) junto aos órgãos públicos.

Art. 5º. A Diretoria Executiva do conselho será assim composta:
I - Presidente;
II- Vice-Presidente;
III- Secretário.
Parágrafo único. A Diretoria Executiva será eleita pelo voto da maioria simples, ou seja, (50% + 1) dos conselheiros, através de votação aberta, no caso de empate, será refeita a votação, mas através de votação secreta e, no caso de novo empate, será declarado vencedor o representante mais idoso.

Art. 6º. A função de conselheiro não será remunerada e nem implicará em vínculo com Poder Público, sendo considerado de relevante serviço público.

Art. 7º. As manifestações do Conselho terão caráter propositivo ou consultivo, conforme a natureza do assunto e sua efetiva necessidade:
I - função consultiva - quando provocado a emitir juízo aos projetos encaminhados pelos órgãos públicos, que assim o solicitarem, por meio de parecer;
II - função propositiva - quando formula políticas de consenso, devidamente pactuadas e harmonizadas com os diversos setores da sociedade representados no Conselho.

Art. 8º. Para o bom desempenho do Conselho poderão ser criadas comissões técnicas permanentes ou temporárias para elaboração e acompanhamento de projetos e atividades especiais.

Art. 9º. Caberá ao Conselho Municipal de Juventude instituir seu regimento interno e dispor sobre outras normas de organização, no prazo máximo de noventa dias, após sua instalação.

Art. 10. O Conselho de que trata esta Lei não substitui o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente nas atribuições que a este são conferidas pela legislação própria de defesa e proteção da criança e do adolescente.

Art. 11. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Dorlin Nunes Júnior indica a criação de um Jornal Escolar


INDICAÇÃO N.º / 2009


DORLIN NUNES JÚNIOR, vereador do PSDB, com assento nesta Casa Legislativa, vem na forma regimental à presença de Vossa Excelência, após ouvir o soberano plenário, INDICAR ao Prefeito Municipal de Imbituba, Senhor José Roberto Martins, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, organizem a criação de um jornal escolar, para que os alunos troquem idéias e informações.

Justificativas:
Nobres Vereadores,
Senhor Prefeito,


Várias experiências pedagógicas têm demonstrado que com a produção do jornal escolar como recurso para mobilizar uma série de ações visando à promoção, no aluno, da consciência crítica dos usos da linguagem no mundo e da sua formação enquanto ser participativo e agente em questões que lhe dizem respeito dentro e fora da escola, proporciona a garantia da livre expressão e conseqüentemente do exercício da cidadania.
Ao promover a função social da escrita, a produção do jornal escolar contribui com os processos de ensino-aprendizagem que a escola conduz, sobretudo com o letramento do aluno, além da integração entre as unidades escolares que são espalhadas pelo Município.
Abaixo sugerimos detalhadamente, o desenvolvimento do projeto pedagógico da criação de um jornal, que poderá servir de norte aos educadores municipais, que poderão enriquecer o mesmo com seus conhecimentos e adequando-o a nossa realidade, se for o caso.
Assim, solicita-se aos Nobres Vereadores, a HOMOLOGAÇAO da presente Indicação, para que mais essa ação educativa seja desenvolvida nas escolas publicas municipais.


Sala das sessões, 03 de agosto de 2009.


Dorlin Nunes Júnior
VEREADOR


Jornal da escola. Tudo de bom!
A Escola Municipal Professor José Sobreira de Amorim, de Fortaleza, CE, criou o Jornal do Futuro. Está sendo uma forma de trazer a realidade cotidiana dos alunos para o currículo escolar. Os resultados são alentadores. O Jornal do Futuro visa a superar o baixo rendimento dos alunos, a partir da melhoria da leitura e da escrita, bem como estimular a expressão oral e produção textual. As matérias publicadas incluem tipos e gêneros textuais diferentes, presentes no convívio social e na vida do aluno: artigos de opinião, poesias, notícias, concursos, acrósticos, charges, dicas (saúde, esporte, trabalho, vivências), recados, bilhetes, cartas, crônicas, contos, diários, receitas, entrevistas, histórias em quadrinhos, resenhas (livros, filmes), adivinhações, charadas, desafios matemáticos etc.
Todos os alunos que produzem querem ver seus textos no jornal. Infelizmente, isso não é possível num jornal que dispõe de apenas quatro páginas. Temos que fazer uma seleção cujos critérios adotados, entre outros, são: diversidade de tipos e gêneros textuais, priorização dos aspectos textuais (coesão e coerência); não discriminação de textos devido a erros gramaticais ou ortográficos, uma vez que os alunos ainda estão no período de aprendizado das convenções sociais da língua. O texto selecionado passa pela revisão do aluno juntamente com o professor de sala. Vale enfatizar que as matérias que não entram no jornal do bimestre por não terem sido selecionadas, são expostas num jornal mural no pátio da escola.
Outra forma de motivá-los é expondo em local visível da escola a nova edição e, em um quadro de honras, os nomes dos escritores e desenhistas que colaboraram para a produção daquela edição.
O Jornal do Futuro é trabalhado em todas as turmas, do pré-escolar até a nona série, de acordo com os objetivos enumerados no planejamento do professor. Quando o exemplar chega às salas de aula, são realizadas atividades diversificadas, que vão desde a leitura das imagens à produção de cartas do leitor e artigos de opinião.
Resultados Para os professores, esse é um projeto muito positivo que tem dado bons frutos à escola, pois oportuniza desenvolver um trabalho a partir das próprias idéias dos alunos, aproximando-os da leitura e da escrita. Outro grande diferencial é a diversificação na metodologia de trabalho em sala de aula devido à diversidade de textos que são explorados, possibilitando o desenvolvimento do senso crítico dos alunos. E talvez o mais importante: os alunos estão mais interessados e receptivos ao trabalho com o jornal.. Para eles, o jornal é tudo de bom. Para alguns, o mais interessante são os textos de sua autoria e os escritos pelos colegas de sala; para outros, as atividades não cansam e são prazerosas, especialmente os desafios, cruzadinhas, caça-palavras, piadas, adivinhações, jogo dos sete erros, pinturas e charadas.
Como criar um jornal escolar
A partir de nossa experiência, sugerimos alguns passos que achamos importantes para o sucesso na criação e manutenção de um jornal: 1) sensibilizar professores e alunos; 2) escolher um coordenador; 3) envolver toda a comunidade escolar na escolha do nome do jornal; 4) buscar apoio para sua publicação junto a organizações não-governamentais ou a Secretaria de Educação do seu estado ou município; 5) caso não haja apoio extra-escolar, buscar apoio dentro da escola, junto ao conselho escolar, pais, alunos e grêmio estudantil; 6) incentivar a produção de tipos e gêneros textuais diferentes; 7) estabelecer prazos para a produção e entrega das matérias à coordenação do jornal.
Sugestões de atividades com o jornal escolar
• Apresentar vários jornais locais para que os alunos estabeleçam as semelhanças e diferenças na diagramação, primeira página, manchetes, leads e temáticas abordadas;
• Promover a comparação dos jornais locais com o jornal escolar;• Solicitar a identificação dos principais elementos de uma notícia: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?• Desenvolver a capacidade argumentativa e crítica do aluno, solicitando-lhe que concorde ou discorde de um texto ou notícia através de argumentos convincentes;• Pedir que estabeleçam a distinção entre fato e opinião;• Solicitar a enumeração das temáticas abordadas;• Explicitar os tipos de texto e os gêneros textuais presentes no jornal escolar;• Incentivar a produção de cartas do leitor ou artigos de opinião sobre um problema da comunidade escolar ou do entorno da escola para publicação em um jornal local.

Política, Saúde e Emenda Constitucional 29


O vereador Dorlin Nunes Júnior (PSDB) também usou o grande expediente para falar sobre a saúde. Mas a questão maior envolvia a Emenda Constitucional 29, que deve gerar 12 bilhões de reais para a saúde e evitar um apagão. “Imbituba está em um cruzada para salvar o hospital são Camilo. Nós temos poderes para pressionar que tomem uma decisão, pois já foi aprovado pelo senado, agora está na câmara dos deputados. Mas o governo federal está fazendo um lobby para aprovar desde que seja criado mais um imposto”, fala Dorlin.
A verba seria um auxílio para a entidade que corre sério risco de fechar as portas. Em reunião na prefeitura de Imbituba, na última semana, o levantamento do hospital prevê um déficit de R$ 300 mil no fim do ano. “Apesar do piso estipulado por lei em 15% da arrecadação municipal, Imbituba gasta 21%. O governo do Estado também é um grande parceiro da cidade, através do secretário Dado Cherem. Mas mesmo assim corremos o risco de ver o hospital de portas fechadas e precisamos nos mobilizar”, destaca.
“O hospital tem uma grande estrutura e um grande corpo clínico e precisa ser olhado como um hospital estratégico da região. Estamos conseguindo uma unidade de pronto atendimento para que venham mais verbas e o porto está conseguindo dois contêineres para um bazar”, lembra Dorlin.

Temas polêmicos são debatidos na Câmara - Gripe A


Nesta segunda-feira (17), a Câmara de Vereadores de Imbituba realizou duas sessões no mesmo dia em virtude da suspensão da reunião da última segunda-feira devido a gripe A. E na segunda sessão da noite, a 27ª, importantes temas são debatidos no grande expediente, a Gripe A, e a emenda constitucional 29, que vai definir repasses à saúde.
No primeiro tema, a chefe da Vigilância Epidemiológica, Denise Maisto e a enfermeira concursada, Joana Diniz Vicente, apresentaram o quadro da gripe A em Imbituba. São 47 suspeitos em 161 atendimentos realizados desde o dia 24 de julho. Destes, 38 foram tratados com o remédio Tamiflu. “Entre esses números, 14 foram hospitalizados até então, mas somente três permanecem no hospital. Os outros estão em casa bem recuperados”, fala Maisto.
Sobre as ações realizadas pela secretaria municipal, a enfermeira relembrou que o município já possui um centro de triagem para atender os casos suspeitos. “Todos os profissionais da saúde estão treinados para realizar o atendimento. Em casos suspeitos, a equipe se desloca até o posto de saúde, ou residência, para fazer o atendimento, realizar a coleta, fazer todo o encaminhamento e dar o suporte necessário”, explica Joana.
A Vigilância Epidemiológica veio até a Câmara após o requerimento do vereador Dorlin Nunes Júnior (PSDB). A visita seria na semana passada, mas a Câmara esteve fechada por medida de segurança. “Eu parabenizo as ações de vocês. Este trabalho é muito importante para que se evite o aumento da propagação desse vírus e a sensação de insegurança”, frisa o vereador Dorlin.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Como evitar a Gripe Influenza A


O melhor que você pode fazer é reforçar o seu sistema imunológico através de uma alimentação correta e saudável, no sentido de manipular sua imunidade, preparando suas células brancas do sangue(neutrófilos) e os linfócitos (células T) as células B e células matadoras naturais.Essas células B produzem anticorpos importantes que correm para destruir os invasores estranhos, como vírus , bactérias e células de tumores.
As células T controlam inúmeras atividades imunólogicas e produzem duas substâncias químicas chamadas Interferon e Interleucina, essenciais ao combate de infecções e de tumores.
Bem vamos ao que interessa, ou seja quais alimentos são importantes(estimulam a ação do sistema imunológico e potencializam seu funcionamento).

Antes de mais nada, tome pelo menos um litro e meio de água por dia, pois os vírus vivem melhor em ambientes secos e manter suas vias aéreas úmidas desestimulam os vírus.Não tome gelado,sempre preferindo água natural e de preferência água mineral de boa qualidade.

Não tome leite, principalmente se estiver resfriado ou com sinusite,pois produz muito muco e dificulta a cura.

Use e abuse do Iogurte natural, um excelente alimento do sistema imunológico.

Coloque bastante cebola na sua alimentação.

Use e abuse do alho que é excelente para o seu sistema imunológico.

Coloque na sua alimentação alimentos ricos em caroteno (cenoura,damasco seco,beterraba,batata doce cozida,espinafre crú,couve) e alimentos ricos em zinco(fígado de boi e semente de abóbora).

Faça uma dieta vegetariana (vegetais e frutas).

Coloque na sua alimentação salmão,bacalhau e sardinha, excelentes para o seu sistema imunológico.

O cogumelo Shiitake também é um excelente anti-viral, assim como o chá de gengibre que destrói o vírus da gripe.

Evite ao máximo alimentos ricos em gordura(deprimem o sistema imunológico), tais como carnes vermelhas e derivados.

Evite óleo de milho,de girassol ou de soja que são óleos vegetais poli-insaturados.

Importante: mantenha suas mãos sempre bem limpas e use fio dental para
limpar os dentes,antes da escovação.

Com esses cuidados acima e essa alimentação............os vírus com
certeza nem chegarão perto de vc.

Município decreta suspensão das aulas e atividades sociais


O Prefeito Beto Martins convocou nesta manhã reunião com todo secretariado para elaborar ações de prevenção contra a gripe A (H1N1) no Município.
Através do decreto nº 105 ficou definido que as atividades escolares municipais serão suspensas por tempo indeterminado. “Os dias parados serão compensados para que nenhum aluno seja prejudicado”, destaca a Secretária de Educação Leda Suzana Pamato de Souza.
Segundo a Secretária de Saúde, Léa de Oliveira Lopes, Imbituba possui dez casos suspeitos que estão sob monitoramento. “A análise do exame é realizada no Rio de Janeiro, até o fim desta semana teremos o resultado”, informa.
O decreto estabelece também que os serviços de atendimento administrativos da Prefeitura Municipal, terão seu período reduzido, das 14:00h às 18:00h, devendo os servidores cumprir expediente interno em horário normal. Cada secretário irá monitorar o fluxo de pessoas nas dependências internas a fim de evitar aglomerações, permitindo o ingresso de no máximo 4 pessoas por Departamento. “O controle de acesso será realizado através de entrega pessoal por senhas ao público em geral. Em caso de chuva o atendimento externo será suspenso”, ressalta o Secretário de Administração, Daniel Arantes Neto.
O decreto traz ainda a suspensão de todas as atividades sociais, culturais, esportivas e artísticas realizadas pelo Município, até ulterior deliberação.
Para o Prefeito Beto Martins o momento é de bastante orientação à população que não deve entrar em pânico, mas precisa tomar cuidados redobrados como a higienização das mãos, evitando aglomerações e mantendo uma alimentação balanceada. “As pessoas devem se conscientizar que cuidados simples podem evitar a proliferação do vírus”, reforça.
O Prefeito já agendou para a próxima terça-feira (18), uma nova reunião onde será reavaliado o quadro do Município e da região para que novas medidas sejam adotadas.

A partir de amanhã Município já disponibiliza pronto atendimento para suspeitos da gripe A
(Por Wanessa Alves)

Funcionários das Secretarias Municipais de Imbituba, Policiais Militares e Corpo de Bombeiros estiveram presentes no Centro de Referência a Mulher (CEREM) na quarta-feira (11), para receberam orientações da equipe da Secretaria Municipal da Saúde, Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária sobre as formas de prevenção ao vírus H1N1, gripe A.
Joana ressalta que os funcionários devem estar preparados para lidarem com a população que, por ventura aparecerem gripados em seus estabelecimentos. “Não devemos alarmá-los e sim dar todo tipo de apoio com relação a procura a um posto de saúde mais próximo. Se o paciente já foi a um médico e foi detectado a gripe sazonal, por exemplo, mesmo assim deve ser aconselhado a ficar em casa com máscara e tomando as medidas de higienização necessárias, como lavar as mãos com freqüência e utilizar álcool gel”, explica a enfermeira.
Na oportunidade a Enfermeira da Vigilância Epidemiológica Joana Nascimento Vicente realizou uma explanação sobre os procedimentos adotados pela Vigilância com os casos suspeitos na cidade. “Hoje temos 10 casos sendo investigados no município, sendo que 5 estão internados e dois receberam alta. Nos casos apresentados como suspeitos é preenchido uma ficha de investigação e providenciado o remédio prescrito pelo médico”, ressalta.
A Diretora de Saúde Maria Madalena Domingues Nunes destaca que partir de amanhã (11) já estará em funcionamento o Pronto Atendimento da Gripe H1N1 localizado na Casa da Cidadania na Rua Nereu Ramos, em frente ao Posto Geraldo. “A equipe especializada da Vigilância Epidemiológica estará aberta das 8 às 22 horas, sendo que depois desse horário será disponibilizado o celular (48) 8848-1055 para solucionar possíveis dúvidas relacionadas aos vírus da Gripe A”, explica.

Secretaria de Infra-Estrutura encaminha ofício às empresas de transporte coletivo para orientar medidas de prevenção contra gripe A



O Secretário de Infra-Estrutura, Jaison Cardoso, já encaminhou aos diretores das empresas de transporte coletivo do Município ofício solicitando medidas preventivas quanto à circulação dos ônibus.
O Secretário destacou que os veículos devem circular com as janelas abertas ou semi-abertas, sendo os motoristas e cobradores orientados para manter tais ambientes bem ventilados, assim como, no caso de veículos com ar-condicionado, os mesmos devem estar em perfeito estado de funcionamento e higienização, zelando pela ventilação adequada.
O Secretário destacou que o serviço de fiscalização de trânsito estará atuante para acompanhar o cumprimento das medidas.

Poder Executivo Municipal suspende as aulas da rede pública de ensino

O sr. José Roberto Martins, Prefeito Municipal de Imbituba, comunicou hoje que as aulas na rede pública municipal de ensino - escolas e creches - estão suspensas até o dia 18 de agosto, por precaução, em virtude da Gripe A quando nova avaliaçao da situaçao será realizada.
Segundo o prefeito, a Secretaria de Saúde estará informando nas próximas horas os postos de triagem e que os casos detectados serão imediatamente encaminhados e, feito o diagnóstico, o paciente receberá o medicamento próprio para o controle do vírus.
Foi colocado à disposição da comunidade o telefone número 88481055 que receberá, inclusive, ligações a cobrar da população.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Juíza da Comarca de Imbituba suspende atividades forenses em virtude da Gripe A

A JUÍZA DE DIREITO MÔNICA ELIAS DE LUCCA PASOLD, DIRETORA DO FORO DA COMARCA DE IMBITUBA, ESTADO DE SANTA CATARINA, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES E NA FORMA DA LEI,



Considerando o requerimento formulado pelo Excelentíssimo Senhor Presidente da 30ª Subseção da OAB/SC de Imbituba para interrupção dos prazos processuais e suspensão das atividades forenses que provocam aglomeração de pessoas em razão do risco de contágio pelo vírus H1N1;

Considerando o significativo aumento da propagação da Gripe A na Região Sul do Estado de Santa Catarina;

Considerando a proximidade da Comarca de Imbituba com outras em que o expediente externo foi suspenso em razão do risco da propagação da doença;

Considerando o grande fluxo de pessoas nas dependências do Forum, em especial as provenientes das comarcas vizinhas em que existem casos confirmados de contágio;

Considerando a suspensão do expediente em outros órgãos públicos por idênticos motivos;

Considerando a necessidade de evitar a aglomeração de pessoas que normalmente se verifica nos dias em que há audiências nos Juizados Especiais;

Considerando o clima de tensão que se instalou entre os Serventuários da Comarca e a necessidade de adoção de medidas preventivas visando à proteção da saúde de todos;

Considerando o caráter emergencial da situação que está a exigir uma providência preventiva célere


RESOLVE:



I- Suspender o atendimento externo no Forum da Comarca de Imbituba no período compreendido entre 11/08/2009 e 17/08/2009, inclusive.

II- Interromper, no mesmo período, 11/08/2009 a 17/08/2009, a contagem dos prazos processuais.

III- Suspender a realização das audiências designadas nos dias em que não haverá expediente externo, excetuando as audiências previstas nos processos que envolvam Réus Presos que serão realizadas normalmente.

§ 1º - Haverá expediente interno regular durante todo o período mencionado no item I.

§ 2º - Os casos urgentes serão atendidos em regime de plantão durante as 24 horas do dia, preferencialmente no horário de expediente interno.



PUBLIQUE–SE e COMUNIQUE-SE a quem de direito, afixando-se cópia na entrada do Forum.

Encaminhe-se cópia da presente Portaria à Presidência do Tribunal de Justiça, à Corregedoria-Geral da Justiça, ao Ministério Público, 30ª Subseção da OAB/SC, Autoridades Policiais, Poder Executivo Municipal e Poder Legislativo Municipal.


Imbituba, 10 de agosto de 2009.




MÔNICA ELIAS DE LUCCA PASOLD
Juíza Diretora do Foro

Câmara Municipal suspende expediente em virtude da Gripe Influenza A (H1N1),

O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE IMBITUBA, no uso de suas atribuições regimentais, em atenção ao que dispõe o art. 35, inciso XIX, alínea c,do Regimento Interno, suspende a 26ª Sessão Ordinária, da 1ª Sessão Legislativa, da 13ª Legislatura, a realizar-se no dia 10 de agosto de 2009(segunda-feira), remarcando-a para o dia 13 de agosto de 2009(quinta-feira), às 19h30min, nas dependências da Câmara Municipal deImbituba. A suspensão da Sessão e dos trabalhos legislativos é uma medida adotada em atendimento à Nota Técnica nº 08/09 da Diretoria deVigilância em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, que recomenda asuspensão temporária de atividades em ambientes de trabalho em que houver casos suspeitos de Influenza A (H1N1), e em cumprimento à orientação do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal deSaúde e da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

domingo, 9 de agosto de 2009

Câmara Municipal aprova Regimento Interno da Câmara de Vereadores Mirins



Com os votos dos nove vereadores foi aprovado na sessão de segunda-feira (20) o projeto de resolução 04/07 de autoria da Mesa Diretora que institui o Regimento Interno da Câmara de Vereadores Mirim. O projeto que criou a Câmara Mirim em Imbituba é de autoria do presidente, vereador Dorlin Nunes Júnior (PSDB), e tem o objetivo de despertar nas crianças e adolescentes a cidadania política, a participação social e a valorização da instituição pública.
A aprovação do regimento já é o segundo passo no projeto. “A partir de agora vamos entrar em contato com todas as escolas públicas e particulares de Imbituba, para sabermos quais querem participar”, informa o vereador Dorlin Nunes Júnior. Segundo o projeto de lei que criou a Câmara Mirim, poderão concorrer a vereador mirim os alunos de 5ª a 8ª série das escolas instaladas dentro do município. “Nosso objetivo é estimular a participação das futuras gerações nas decisões da sociedade, especialmente através do democrático instrumento parlamentar”, destaca o presidente Dorlin.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Gripe A(H1N1)


FIQUE ATENTO(A) e siga as recomendações seguintes:

☺ Se você apresentar febre, tosse ou dor de garganta, podem ser sintomas de GRIPE.
☺ Não vá à escola ou ao trabalho.
☺ Evite aglomerações.
☺ Permaneça em casa até 24 horas após o desaparecimento dos sintomas.
☺ No caso de ir ao médico, informe seu quadro na recepção da unidade de saúde ou preste atenção aos avisos no local.
☺ Grávidas, crianças menores e idosos são mais vulneráveis às complicações da gripe.
☺ Cobrir sempre o nariz e a boca ao tossir ou espirrar.
☺ Utilizar lenços descartáveis e colocar no lixo após o uso.
☺ Lavar as mãos com frequência com água e sabão.
☺ Mantenha uma boa alimentação e hábitos saudáveis.

GRIPE SUÍNA - PERGUNTAS E RESPOSTAS



1.- Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 10 horas.
2. - Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?
Torna o vírus inativo e o mata.
3.- Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.
4.- É fácil contagiar-se em aviões?
Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.
5.- Como posso evitar contagiar-me?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.
6.- Qual é o período de incubação do vírus?
Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.
7.- Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%
8.- De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.
9.- O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.
10.- Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?
Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.
11.- A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?
Não porque contém químicos e está clorada
12.- O que faz o vírus quando provoca a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.
13.- Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.
14.- Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?
De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno.
15.- Onde encontra-se o vírus no ambiente?
Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.
17.- O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?
Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.
18.- Qual é a população que está atacando este vírus?
De 20 a 50 anos de idade.
19.- É útil a máscara para cobrir a boca?
Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.
20.- Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.
21.- Serve para algo tomar Vitamina C?
Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque..
22.- Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.
23.- O virus se move?
Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.
24.- Os mascotes contagiam o vírus?
Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.
25.- Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?
Não.
26.- Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico.
27.- O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?
Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.
28.- Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.
29.- Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?
Não serve para nada.
30.- As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?
SIM.
31.- Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
NAO.
32.- O que mata o vírus?
O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.
33.- O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?
O isolamento.
34.- O álcool em gel é efetivo?
SIM, muito efetivo.
35.- Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?
Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.
36.- Este vírus está sob controle?
Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.
37.- O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?
A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.
38.- Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?
SIM.
39.- As crianças com tosse e gripe têm influenza?
É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.
40.- Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?
Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.
41.- Posso me contagiar ao ar livre?
Se há pessoas infectadas e que tosam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.
42.- Pode-se comer carne de porco?
SIM pode e não há nenhum risco de contágio.
43.- Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?
Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Empenho do Vereador Dorlin Nunes Júnior, Prefeito Municipal e demais autoridades garante repasse de valores a APAE de Imbituba.

Município atende pedido da APAE para ajudar em recurso suspenso pelo Ministério da Saúde



Desde novembro do ano passado que a Associação de Pais e Amigos (APAE) de todo Brasil não conta com o recurso denominado como “extra-teto” repassado pelo Ministério da Saúde.
Segundo a Diretora de Saúde, Maria Madalena Nunes, o recurso recebido pela APAE de Imbituba era de R$ 21 mil devido sua capacidade quanto ao número de profissionais e alunos.
Sem condições de continuar a manter a equipe multiprofissional (formada por psicólogo, terapeuta ocupacional, fonodiólogo, 2 fisioterapeutas, pedagoga e assistente social) o Presidente da APAE, Amilton Gonçalves de Souza, recorreu ao Prefeito Beto Martins, a Secretária de Saúde Léa Lopes e ao vereador Dorlin Nunes Júnior, que estiveram esta semana participando de uma reunião na entidade juntamente com os pais dos alunos.
Na ocasião o Presidente e a Diretora de Saúde, Maria Madalena Nunes, expuseram as autoridades as dificuldades encontradas com a suspensão do recurso tendo até mesmo a possibilidade de demissão da equipe multiprofissional, equipe esta que, segundo o Presidente, faz toda a diferença na vida dos 84 alunos da APAE de Imbituba.
Para a Diretora de Saúde a suspensão da verba deve ser momentânea visto que, já está marcado um congresso entre as APAEs junto com autoridades federais para rever a situação.
O Prefeito Beto Martins informou que na última semana em reunião com o Secretário de Saúde do Estado, Dado Cherem, teve a garantia do repasse de importantes recursos para o Município que em breve serão anunciados a população onde destacou a realização de mutirão de exames. O Prefeito disse que não poderia deixar de ajudar a APAE de Imbituba e anunciou que até o final do ano irá comprometer-se com o repasse de R$ 10.5 mil, valor que, segundo o Presidente da APAE garantirá a folha de pagamento da equipe e os encargos.
Amilton agradeceu as autoridades em nome de toda equipe e pais dos alunos da APAE. “Sabíamos que podíamos contar com vocês que sempre nos atenderam com o maior carinho e respeito”, finalizou.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

APROVADO o Projeto de Lei que busca valorizar a participação dos escolares em atividades culturais, esportivas e trabalhos voluntários.


Projeto de Lei nº ______ de _____ de julho de 2009.

Dispõe sobre a especificação, no histórico escolar do aluno, de atividades escolares em que tenha participado durante o ensino fundamental .

JOSÉ ROBERTO MARTINS, Prefeito Municipal de Imbituba, Estado do Santa Catarina:

FAÇO SABER, no uso das atribuições que me confere a Lei Orgânica do Município, que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Artigo 1º – Fica assegurado aos alunos que durante sua vida escolar participaram de atividades culturais, esportivas e trabalhos voluntários, o registro destas em seu Histórico Escolar.

Artigo 2º – Os dados referentes à complementação do Histórico Escolar do aluno deverão ser transmitidos à secretaria da escola através de seus professores, coordenação e direção da escola.
Artigo 3º – O registro deverá ser realizado anualmente, ficando sob responsabilidade da secretaria de cada instituição de ensino.

Artigo 4º – As atividades que poderão ser registradas são:

I – trabalho voluntário na escola;

II – participação em Maratonas Cívicas e Culturais realizadas pela Secretaria da Educação do Estado, pela Secretaria de Educação do Município, por entidades estaduais ou municipais;

III – participação em equipes esportivas escolares premiadas em 1º, 2º e 3º lugares no JEIMB;

IV – participação no processo de eleição para a Câmara de Vereadores Mirins de Imbituba.

Artigo 5º – A lei beneficiará os alunos do Ensino Fundamental.

Artigo 6º – O Poder Executivo regulamentará esta lei no prazo de 90 (noventa) dias, contado da publicação.

Artigo 7º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Vereador pede especificações no histórico escolar

Em primeira votação, a Câmara de Vereadores de Imbituba aprovou o projeto nº. 3.773/09, de autoria do vereador Dorlin Nunes Júnior (PSDB), que dispõe sobre as especificações, no histórico escolar do aluno, de atividades escolares em que tenha participado no ensino fundamental e no ensino médio. “É importante valorizar não apenas as notas bimestrais dos alunos, mas também as habilidades e competências presentes em seu protagonismo, manifestadas através de atividades voluntárias, culturais, esportivas e políticas realizadas durante a sua vida escolar”, justifica o vereador.
Ainda de acordo com o vereador, o mercado de trabalho solicita informações extras sobre o perfil dos candidatos às vagas de emprego, pois se valoriza cada vez mais a capacidade de liderança, de realizar múltiplas tarefas (polivalência) e a capacidade de realização de atividades em grupo.
“Através do registro dessas atividades no Histórico Escolar ter-se-á um perfil mais completo do aluno, uma visão mais ampla de suas potencialidades e a conseqüente valorização não apenas do seu rendimento em sala de aula, mas sim de todo seu potencial enquanto cidadão”, frisa Dorlin.
“Com essa atitude, além de valorizar a participação dos alunos em atividades extras, espera-se motivá-los a se envolverem em trabalhos voluntários, maratonas, campeonatos esportivos movidos não só pelo registro delas em seu histórico escolar, mas também pelos benefícios que trarão à sociedade e a si próprios”, completa.